Dicas para viagem internacional com crianças

Dicas para viagem internacional com crianças

20 Fevereiro, 2019 0 Por Next Seguro Viagem
Spread the love

Vá devagar e deixe bastante tempo

Planejar o tempo extra em viagem internacional com crianças é ainda mais importante do que quando você viaja sozinho, isso porque muitos viajantes deixam tão pouco tempo disponível que acabam por embarcar no avião já faltando 2 ou 3 minutos para que as portas se fechem. Definitivamente não é o que você quer fazer se estiver viajando com crianças.

Ao viajar com sua família, tudo levará mais tempo do que o esperado, incluindo:

Check-in no balcão do aeroporto e despachar bagagens;

Passar pela segurança;

Comprar lanches e bebidas;

Embarcar no avião;

Você não vai querer perder o seu voo por ter levado 10 minutos para passar com seu carrinho de bebê e garrafas pela segurança, por isso, mantenha sua agenda livre e deixe bastante espaço para ajustes. Um horário flexível criará menos estresse para você e sua família.

Não sobrecarregue

As famílias têm uma tendência de levar na bagagem tudo o que as crianças usam em casa. Porque isso ocorre? Porque pensamos que trazer itens familiares manterá suas rotinas consistentes, pois assim você terá tudo o que precisa. Mas na prática, isso inibe as boas experiências de uma viagem e a quebra das rotinas.

Quer uma dica? Traga o mínimo possível de bagagem, pois o ato de viajar em si vai mexer com suas rotinas domésticas. Preservar todas estas rotinas não vai te ajudar. Isso só vai levar a frustração e dores nos braços.

Caso necessite de algum acessório ou item, sempre poderá comprá-lo no seu destino. Você precisa ser um pouco cuidadoso com essa regra ao visitar países menos desenvolvidos, mas a maioria dos lugares onde você levaria seus filhos provavelmente possuem o essencial que você precisa para cuidar deles.

Reserve tudo o que puder

Claro que você tem seus voos reservados para a viagem, mas as reservas não devem terminar por aí. Você pode estar acostumado a escolher na última hora um certo destino e chegando lá escolher um lugar para ficar. Isso não funciona com crianças.

Quando você chegar em um novo lugar, você vai querer ir direto para o seu alojamento, deixar as malas e dar às crianças a oportunidade de descansar, se necessário.

A reserva não termina com voos e hospedagem. Qualquer coisa que você possa reservar antes do tempo será uma coisa a menos para se preocupar ao tentar manter toda a sua família alimentada, divertida e feliz em sua viagem.

Você também pode reservar com antecedência ao transporte público e privado, passeios turísticos, guias particulares e ingressos para museus, além de parques temáticos e outras atrações. Reserve tudo aquilo que tiver certeza de que precisará, com antecedência e terá mais tempo para relaxar e aproveitar seu destino quando chegar lá. Viagem com crianças é assim!

Explique para elas sobre a viagem

Explicar como será a viagem com antecedência é algo especialmente importante para as crianças.

Quando as crianças se sentem desconfortáveis, elas não são felizes. Se há muitas coisas novas acontecendo, as crianças tendem a ficar desconfortáveis.

Um esboço da viagem e do que vai acontecer pode ajudar as crianças a entenderem sua situação, alinharem as expectativas e a desenvolverem projeções positivas sobre o roteiro e atividades, em cada ponto da viagem. Elas saberão o que esperar em seguida e, como resultado, ficarão mais confortáveis ​​com o que está acontecendo ao seu redor.

Explicar a viagem pode incluir dizer-lhes o que podem esperar no aeroporto, no avião e depois de chegarem ao seu destino. Aproveite esta oportunidade para expor suas expectativas em relação ao comportamento delas durante a viagem. Detalhes tais como o modo agir em aviões, em hotéis e em passeios, são boas práticas.

Petiscos

Para manter suas férias em alto nível, faça tudo o que puder para evitar um membro da família faminto. Levar alguns petiscos pode ajudar a manter sua família feliz. 

Crianças famintas podem tornar uma divertida viagem em família em uma infeliz experiência em questão de minutos.

Sempre tenha lanches disponíveis para seus filhos! Você nunca sabe qual o tempo entre as refeições e quando o tempo entre as refeições será prolongado. Voos atrasados, tráfegos inesperados, limitações de horário do restaurante do hotel ou um passeio que demora um pouco mais do que você esperava, podem gerar fome.

A comida no seu destino pode também ser bem diferente do que seus filhos costumam comer. Tente não inventar muito na alimentação das crianças. É melhor que comam coisas conhecidas ou similares. Eles podem alegremente pedir por um almoço e largarem os pratos após duas ou três mordidas, porque não era bem o que eles estavam esperando. Uma ou duas horas depois, em sua visita ao museu, você terá uma criança com muita fome para alimentar. A regra é ter petiscos para todos!