Melhores destinos para mulheres viajarem sozinhas

Melhores destinos para mulheres viajarem sozinhas

9 Março, 2020 0 Por Next Seguro Viagem
Spread the love

Descobrir o mundo sozinha tem virado uma tendência entre as mulheres. Viajar por conta própria é uma experiência encantadora que gera, além de um enriquecimento cultural, memórias inesquecíveis.

No entanto, infelizmente muitas mulheres ficam inseguras em relação ao tratamento que receberão no país de destino. Por isso, A Next separou uma lista dos melhores destinos para mulheres viajarem sozinhas pelo mundo com conforto e principalmente segurança

Islândia

Conhecida como país mais amigável do mundo, a Islândia é um pais muito receptivo, principalmente às mulheres. Com uma população de pouco mais de 320 mil habitantes,é um dos destinos mais seguros para se viajar sozinha.

Dinamarca

A Dinamarca foi escolhida pelo Índice Global da Paz, como o segundo melhor país do mundo para se viver. Além da grande tradição com chocolates, ainda oferece lindos castelos e belezas naturais inesquecíveis.

Nova Zelândia

A Nova Zelândia consegue agradar desde as viajantes mais tranquilas, até as mais aventureiras, e é um destino indispensável para quem quer viajar sozinha. Vale lembrar que o país tem índices quase nulos de violência, principalmente com mulheres.

Canada

No continente americano o Canada é o país mais seguro para mulheres viajarem, e também um dos mais buscados por viajantes, pois além de oferecer segurança, qualidade de vida e muita infraestrutura, é um território que recebe e acolhe muito bem os imigrantes.

Uruguai

Nosso vizinho Uruguai, é um dos países mais seguros da América do Sul, ideal para ser a primeira viagem sozinha, uma espécie de “teste” para destinos mais distantes.

Como se não bastasse, ainda possui praias, centros históricos e povo receptivo são algumas das vantagens de se visitar o país.

Portugal

Portugal é destino perfeito para quem vê o língua como uma barreira na hora de viajar, além de falarem português, ainda é possível encontrar muitos brasileiros que moram por lá.